Blog de Turismo – Eu fui, irei e estou…

Duas ilhas e grandes histórias: Ilha dos Frades e Ilha de Itaparica

No terceiro e último dia, vamos conhecer duas ilhas e grandes histórias: Ilha dos Frades e Ilha de Itaparica, mesmo já morrendo de saudade, passei o dia conhecendo, lugares singular que a Zulu Turismo me apresentou no litoral da Bahia.

Pela parte da manhã, o transfer me pegou as 7h50 no hostel em direção ao Terminal do Porto de Comércio. Paguei uma taxa de R$ 5,00 e depois embarcamos em direção a primeira ilha. A ilha dos Frades.

Duas ilhas e grandes histórias
Embarque: Ilha de Frades e Itaparica. Foto: Jô Viajou.
Duas ilhas e grandes histórias
Foto: Jô Viajou.

Saímos as  8h30, a navegação é em águas tranquilas, dentro da Baía de Todos os Santos que é a maior Baía.

Duas ilhas e grandes histórias

Guia. Foto: Jô Viajou.

A navegação até a ilha durou 1h30, e houve drinks no valor de R$ 15,00; banca de Axé (opcional ajudar) e uma vista espetacular do barco e da Baía de Todos os Santos.

Duas ilhas e grandes histórias
Banda: Foto: Jô Viajou.

A Ilha dos Frades tem uma boa infraestrutura para os turistas, tem aproximadamente 6Km de extensão e está situada no centro da Baía de Todos os Santos, com praias lindíssimas, montanhas, lagos, cachoeira e vegetação típica da Mata Atlântica, apesar de ser uma das menores ilhas da Baía de Todos os Santos também é uma das mais lindas. As belezas dessas duas ilhas e grandes histórias são nítidas no seu passado.

Duas ilhas e grandes histórias
Entada da ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.
Duas ilhas e grandes histórias
Entada da ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.
Duas ilhas e grandes histórias
Entada da ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.

O guia afirma que a Ilha dos Frades tem formato de estrela de quinze pontas. A origem do nome Frades vem da memória de religiosos que tentavam catequizar os Índios Tupinambás e foram mortos por eles, pois eram índios canibais.

Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.
Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.

Sobre os atrativos culturais estão a Igreja de Nossa Senhora de Lourete e a Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, a primeira, não conheci, ambas datadas do século XVII.

Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.
Igreja Nossa Senhora de Guadalupe. Ilha dos Frades.

Igreja Nossa Senhora de Guadalupe. Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.

Ilha dos Frades.
As belezas dessas duas ilhas e grandes histórias, tem a
Ilha dos Frades.
Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.

Sugiro que passem mais tempo na Ilha dos Frades, mas o preço da alimentação é mais cara.

Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.
Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.
Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.

Lá tem artesanatos locais para a venda a partir de R$ 10,00 e queijo coalho assado a R$ 5,00.

Artesanatos na Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.
Artesanatos na Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.
Artesanatos na Ilha dos Frades. Foto: Jô Viajou.

Chegamos às 9h45 e às 11h50 seguimos para a Ilha de Itaparica onde almoçamos e passamos o restante da tarde. Na ilha ao chegarmos, temos que sair do barco e entrar em outro menor para chegar na margem.

Saída para Ilha de Itaparica. Foto: Jô Viajou.
Saída para Ilha de Itaparica. Foto: Jô Viajou.
Chegada na Ilha de Itaparica. Foto: Jô Viajou.

O preço do almoço no restaurante que ficamos custou R$ 45,00 por pessoa e come-se a vontade e tem sobremesa; a bebida é a parte.

Ilha de Itaparica. Foto: Jô Viajou.

O tour histórico da ilha, é opcional custa R$ 20,00 por pessoa.

Ilha de Itaparica. Foto: Jô Viajou.

Como o tempo era curto, acabei não fazendo o tour. Fiquei na beira da praia curtindo até as 15h30. quando retornamos a Salvador. Mais 1h de navegação.

Ilha de Itaparica. Foto: Jô Viajou.
Ilha de Itaparica. Foto: Jô Viajou.
Duas ilhas e grandes histórias
Para voltar para Salvador a partir da Ilha de Itaparica, precisa pegar o barco para ir até o barco. Foto: Jô Viajou.
Duas ilhas e grandes histórias
Pôr do Sol na Baia de Todos os Santos. saindo da Ilha de Itaparica. Foto: Jô Viajou.
Pôr do Sol. Foto: Jô Viajou.

Depois de conhecer as duas ilhas e suas grandes histórias, cheguei no hostel as 18h30 onde o transfer da Zulu turismo deixou. Na parte da noite fui jantar no Rio Vermelho, lugar badalado de Salvador, retornei ao hostel e a 5h era meu voo, rumo a Boa Vista.

Foram 3 dias inesquecíveis na Bahia, com a Zulu turismo, que merece um retorno. Se vais a Bahia, recomendo a Zulu turismo. Os passeios são ótimos para todas as idade e pessoas. O lugares são bem estruturado e acessíveis.

Para ver mais detalhes do passeio, clique aqui e veja no Canal Jô Viajou. 

Duas ilhas e grandes histórias para você conhecer com a:

Zulu Turismo – Salvador

Telefones: (75) 3652-1358 / (75) 3652-1599

WhatsApp (dúvidas/informações): (75) 98846-3668

Site:  www.salvadorbahiabrasil.com 

e-mail reservas:  info@salvadorbahiabrasil.com

 Link do Passeio Praia do Forte + Praia de Guarajuba :

http://www.salvadorbahiabrasil.com/passeio-salvador.htm#praia-do-forte

Link do Passeio Ilha dos Frades + Ilha de Itaparica:

http://www.salvadorbahiabrasil.com/passeio-salvador.htm#ilha-dos-frades

Link do Passeio Morro de São Paulo:

http://www.salvadorbahiabrasil.com/passeio-salvador.htm#morro-de-sao-paulo

Instagram:  @zuluturismo

Facebook Salvador:  https://www.facebook.com/ZuluTurismoSalvador/

Siga insta: @joviajou

(Visited 96 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.