Blog de Turismo – Eu fui, irei e estou…

Gran Sabana, Venezuela: Um roteiro sem CRISE

Todo mundo me perguntava como é o roteiro da Gran Sabana na Venezuela. Eu já tinha ido havia muitoooo tempo. Mesmo com a CRISE Venezuelana o turismo no país, principalmente na fronteira Brasil/Venezuela continua. E toda crise que acontece por lá atinge sim, a fronteira, mas a gente “só passa” por lá.

Para quem não sabe, Roraima faz fronteira com a Venezuela. As cidades gêmeas Pacaraima, é município de Roraima, do lado brasileiro e Santa Elena do Uiarén no Estado Bolivar na Venezuela, é porta de entrada de muitos que querem conhecer as Belezas do estado Bolivar, especificamente o Parque Nacional Canaima onde existem vários tepuy, como o Monumental Monte Roraima e o Salto Angel, a mais alta cachoeira do mundo.

E nessa mesma região que é denominada Gran Sabana, Venezuela, existem várias cachoeiras e corredeiras espetaculares que podem ser desfrutadas por todos, no final semana saindo da capital Boa Vista/RR.

A região sul da Venezuela, que faz fronteira com o Brasil e chamada de Gran Sabana onde há uma grande concentração de tepuys em pemón nome que ser refere as montanhas em forma de mesa com inúmeras cachoeiras, abertas à visitação.

Na região são cerca de 800 cachoeiras entre grandes e pequenas  e muitas de difícil acesso.

A Gran Sabana, Venezuela, fica localizada dentro do Parque Nacional de Canaima. Dividida em dois setores. O lugar apresenta belezas naturais entre o oriental, onde predomina a densa floresta ainda intocada com a Lagoa de Canaima e o Salto Angel como atrações principais.

Já no  ocidental,  a vegetação predominante é a savana, cujas atrações principais são o Monte Roraima e as inúmeras cachoeiras que vou apresentar pra vocês algumas delas.

A região do Parque Nacional Canaima está entre um dos 10 maiores do mundo em extensão – 30.000 km²,  e dois dias, é pouco para explorar toda região, mas que em pouco tempo você consegue desfrutar de muita beleza.

O passeio que fiz, fui convidada pela empresa Clube Native que é uma das pioneiras nesse passeio pela região.

Quando for visitar Roraima  e passar por Boa Vista, lembre-se de acrescentar esse passeio no seu roteiro de final de semana, com crise ou sem crise, esse roteiro ainda continua em alta. Mesmo nessa situação, você pode ter acesso a esse espetáculo que vou descrever agora.

Para quem não sabe, a região serviu de cenário para vários filmes. Como, Jurassic Park e Up Altas Aventuras e mais a novela Império, no Brasil.

O que preciso saber antes de ir?

  • Não precisa de passaporte ou visto/permisso para fazer o tour;
  • Não precisa de carteira de febre amarela para passar a fronteira (mas sugiro que leve);
  • Mesmo na crise venezuelana o passeio é seguro;
  • Contrate um agência credenciada pelo Ministério do Turismo no lado brasileiro;
  • O passeio passa por várias cachoeiras e corredeiras;
  • Leve muito repelente e protetor solar;
  • Sua roupa de baixo, toda hora será a de banho, vá com ela desde Boa Vista;
  • Não traga nada da natureza;
  • Não deixe lixo pelas trilhas e cachoeiras/corredeiras.

Valor do passeio da Gran Sabana, Venezuela?

R$ 160,00 por pessoa.

Convidada pela empresa Clube Native para fazer o passeio, antes recebemos todas as instruções do passeio e um cronograma do passeio.

O que inclui no valor do passeio?

Transporte (ônibus c/ ar condicionado) , ida e volta: Boa Vista/Pacaraima;

Transporte (4×4), idade e volta: Pacaraima/Santa Elena Uiarén;

Dentro dos carros 4×4 há caixas térmicas para guardar as bebidas. 

Guias;

Hospedagem: uma diária s/ pensão para 3 a 4 pessoas em unidade habitacional compartilhada;

Taxas das cachoeiras e corredeiras;

Duração? 

Um final de semana: Saída – Sábado de Boa Vista 5h;

Retorno – Domingo – 18h – chegada 20h.

Ponto e parada de encontro?

Em frente a empresa Clube Native e outro na Rotatória 2,90.

O que não inclui?

Qualquer tipo de bebida;

Qualquer tipo de refeição;

Qualquer custo extra.

 Como é o passeio? 

Vou começar a descreve minha experiência.

O passeio começa no ponto de encontro, em frente a Clube Native na cidade de Boa Vista/RR, ás 5h, com tolerância de 20min e saída às 5h30 pontualmente. A segunda parada é na rotatória 2,90 e seguimos de Boa Vista para Pacaraima/RR. São 210km de ônibus/microônibus com ar-condicionado, limpos, maleiros e poltrona reclinável.

Após quase duas horas de ônibus via BR-174 destino norte de Roraima rumo à Pacaraima,  fazemos uma parada no Km 100 no Quarto de Bode  para tomarmos café. Ao chegarmos em em Pacaraima às 7h30, fazemos a troca de veículo em frente a Rodoviária de Pacaraima  para o carro 4×4.

pacotes gran sabana
Troca de Veículo em Pacaraima. Foto: Jôviajou.

Após irmos ao banheiro, arrumar as mala, é feita a organização dos grupos por carros, conforme lista elaborada pela empresa.

A saída de Pacaraima rumo a Santa Elena Uiarén/VE, o próximo ponto de parada é às 8h.

gran sabana venezuela hotel
Passando a fronteira. Alfândega Venezuelana. Foto: Jôviajou.

Após 15km chegarmos à Santa Elena de Uiarén para comprar as bebidas e fazer o câmbio. Nesse dia, o câmbio estava 150, por 1 real. Aquele bolo de dinheiro.

excursão gran sabana
Câmbio no porta malas do carro mesmo. Até parece que a mochila é grande. Foto: Jôviajou.
gran sabana saindo de manaus
Todo mundo Rico? Valor de R$ 40,00 fica com esse bolo. Foto: Jôviajou.

Após compras, seguimos viagens, e ao longo do caminho vimos o reflexo da crise venezuelana, como muitas lojas e supermercado fechados e filas enormes nos postos de gasolinas para colocar gasolina.

gran sabana venezuela ataque
Caminho para Gran Sabana em Santa Elena. Atualmente só se ver carros venezuelanos. Carros brasileiros são poucos. Foto: Jôviajou.

A gasolina para brasileiro está custando R$1,50 o litro, mas não tinha na fronteira. Para o venezuelano 1000 boliva o litro. Mesmo ficando na fila 24h para colocar gasolina, só podem colocar 20 litros de gasolina por carro. É um controle total.

IMG_20180714_103358911_HDR
Fila da gasolina. Foto: Jôviajou.

Seguindo viagem, começa a vista da espetacular vista da Gran Sabana Venezuelana.

IMG_20180714_110427647_HDR
Estrada Troncal 10. Gran Sabana. Foto: Jôviajou.

Primeiro ponto de parada foi a Cachoeira Água fria fica  próxima da famosa cachoeira de Jaspe, quem é de Boa Vista, sabe a distância mais ou menos.  A trilha para a cachoeira possui uma pequena descida com possibilidade de escorregões e um a paisagem deslumbrante da savana sul-americana de fundo. Nossa, como era gelada… o nome diz tudo. Passamos cerca de 40min lá. A descida é um pouco perigo e na volta a descida perigosa, torna-se um retorno cansativo de subidas para quem não acostumado.

O Segundo ponto de parada foi cachoeira Queda do Pacheco que possui dois acesso, o de cima e de baixo. Porém, nesse dia fomos pela parte de baixa. Possui uma pequena trilha de fácil acesso, mas sem perigo e não é muito ingrime.

gran sabana venezuela hotel
Selfie na Corredeira do Pacheco. Foto: Jôviajou
Corredeira do Pacheco. Foto: Jôviajou
Queda do Pacheco. Foto: Vânia
gran sabana venezuela hotel
Queda do Pacheco. Foto: Vânia

O almoço custa 1500 bolivar cerca de R$ 10,00 o prato que é servido com frango/carne, mais arroz, salada/maionese e feijão.

gran sabana venezuela hotel
Comunidade San Francisco de Yuruani, porta de entrada para o Monte Roraima. Foto: João.
Local do Almoço em San Francisco do Yuruani. Foto: Jôviajou

Depois seguimos para o Mirante  Mirante de Yuruaní que fica da ponte de ferro sobre o Rio Yuruaní. É perfeito para apreciar a linda paisagem o Monte Roraima e o Kukenam, mesmo chovendo conseguimos visualizar.

gran sabana venezuela fotos
Mirante para o Monte Roraima. Foto: Alguém do grupo. 🙂
gran sabana ataque
Local que paramos para abastecer. Ponto final que podemos chegar sem permisso de entrada na Venezuela. Rápido de Kamoiram. Foto: Jôviajou
cachoeiras gran sabana, venezuela
Rápido de Kamoiram. Foto: Vânia.
Rápido de Kamoiram. Foto: Jôviajou
gran sabana venezuela hotel
Pousada em Yuruani. Foto: Jôviajou
Ficamos hospedados na Pousada em San Francisco de Yuruani.
Pousada em Yuruani. Foto: Jôviajou
gran sabana venezuela hotel
Restaurante da Pousada, onde tomamos café em Yuruani. Foto: Jôviajou
Café no restaurante da Pousada em Yuruani. Foto: Jôviajou R$ 10,00.
Conhecemos as Corredeiras de Manakachi. Uma parada rápida para banho.
gran sabana 2019
Corredeiras de Manakachi. Foto: Jôviajou
gran sabana venezuela hotel
Corredeiras de Manakachi. Foto: Jôviajou
Corredeiras de Manakachi. Foto: Jôviajou
O carro mais divertido do passeio e novas amizades. Foto: Jôviajou Seguimos para o Salto Anaway . 
Panorâmica do Salto Anaway Foto: Jôviajou
Salto Anaway Foto: Jôviajou
Salto Anaway Foto: Jôviajou
Fomos para a Queda Kama Meru, uma das mais linda do Parque Nacional Canaima.
No meio do caminho muita aventura, um dos carros atolou. Foto: Jôviajou
Entrada da Queda Kama Meru. Foto: Jôviajou
Queda Kama Meru. Foto: Jôviajou
gran sabana 2019
Queda Kama Meru. Foto: Jôviajou
Queda Kama Meru. Foto: Jôviajou
Queda Kama Meru. Foto: Jôviajou
Dicas: Leve um dinheiro extra para comprar os belos artesanatos em Yuruani.
Artesanato em Yuruani. Foto: Jôviajou.
la gran sabana venezuela turismo
Artesanato em Yuruani. Foto: Jôviajou.
Gran Sabana, Venezuela: Um roteiro sem CRISE
Retorno em Pacaraima, troca de veículos. Foto: Jôviajou.

Acredito que maior dúvida desse passeio é saber se é seguro. Sim gente, é seguro! Apesar de toda a CRISE venezuelana essa região sempre viveu e vive de turismo, a segunda economia, depois do garimpo.

Agradeço a parceria e convite da Clube Native. Se você quer fazer esse mesmo passeio e conhecer o Parque Nacional Canaima na Venezuela em um final de semana. É só entrar em contato com a equipe da Clube Native, Beto ou Nayra pelo telefone: (95) 98120-94-59 ou pelo instagram @clubenative.

SIGA @JÔVIAJOU

 Passagem Promocionais

 Hospedagem Booking

 Hospedagem com DESCONTO o Airbnb

Seguro Viagem com DESCONTO

 Aluguel de Carros

 CHIP de Viagem

 Curso de Inglês para Viajantes

 Curso de Vinhos para viajantes

Esse post tem fins promocionais.

(Visited 584 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.