12 Filmes/documentários RORAIMENSE que vão te inspirar conhecer Roraima

É 19 de junho, dia Nacional do Cinema Brasileiro, que mesmo diante dos desafios, a produção cinematográfica nacional cresceu em quantidade e qualidade e lançou grandes sucessos nos últimos anos, e nessa leva também surge o cinema roraimense com belas produções premiadas nacionalmente, mas que poucos roraimense conhecem.

Esse post é  dedicado todinho as dicas de documentários e filmes da terrinha que você poderá conhecer um pouco mais sobre a cultura, pontos turísticos, identidade desse povo tão rico e sua expressão por meio das lentes cinematográficas produzidas em Roraima.

Deixa o aplicativo de filme e a TV fechada um pouco de lado e vamos assistir aos filmes. Cinéfilos de plantão tem que assistir, tem pra todo gosto. E cultura nunca é demais pessoal.

Clique nos Links e confira.

Vamos lá!

1- Filme: “Dívida Sangrenta” – (2007).

Destinos: Boa Vista e fronteira Brasil/Venezuela.

Sinopse: O curta conta a história da guerra das máfias guianenses e venezuelanas pelo controle do contrabando de combustível e drogas na região.

2- Documentário: “Nas trilhas de Makunaima” – (2007).

Destinos: Parque Nacional do Monte Roraima – Fronteira Brasil/Venezuela/Guiana.

Sinopse: O documentário conta a história de um mito indígena do Estado de Roraima, extremo norte do país, e sua relação com uma montanha sagrada. A partir de narrativas de índios Ingarikó, Taurepang e Macuxi, o filme mostra as diversas faces de Makunaima – um ancestral guerreiro dos índios de origem ‘Karib’, concebido por algumas etnias como um deus da natureza.

3-Filme: “Remanescente das sombras” – (2009).

Destino: Boa Vista/RR

Sinopse: Uma caçada humana que já dura mais de 60 anos a um criminoso de guerra, transforma a cidade de Boa Vista, capital do estado de Roraima, no palco para um sangrento confronto entre forças da Policia Federal e uma poderosa organização criminosa de proporções internacionais.

4- Documentário: “Roraimeira – expressão amazônica” – (2009).

Destinos: Pedra Pintada e Lago Caracaranã – Roraima.

Sinopse: O filme apresenta o movimento cultural que originou a cena artística de cunho regionalista, a partir dos anos 80, em Roraima. Acompanha três personagens centrais — Eliakin, Neuber e Zeca – que visitam os principais lugares que inspiraram as músicas regionais de grande popularidade no extremo norte do Brasil.

5- Curta: “O Estranho” – (2011).

Destino: Boa Vista/RR

Sinopse:  O curta fala sobre um jovem que acorda sem memória e sai nas ruas de uma cidade deserta, procurando respostas. Ou seriam mais perguntas? Bem, que cada espectador dê seu palpite. E essa é a melhor coisa: interpretar e perceber a ousadia.

6- Filme: “O Último Lamento”– (2012).

Destino: Boa Vista/RR

Sinopse: Um ex-membro de um grupo de mafiosos está prestes a ser executado e reflete sobre sua vida, no momento em que está sob a mira das armas dos antigos colegas.

7- Filme: “Agora Bem Aí” – (2012).

Destino: Boa Vista e outros municípios de RR.

Sinopse: Os filmes “Agora Bem Aí” teve o primeiro filme  lançado no ano de 2012 e hoje já produziram outros filmes, é pura comédia.

Olha o link dos filmes abaixo.

Agora bem ai -1

Agora bem ai -2 

Agora bem ai -3

Agora bem ai -4

Agora bem ai -5

8- Filme: “BROMANCE – Algumas amizades são para a vida inteira!”  – (2012).

Destino: Boa Vista/RR

Sinopse: O roteiro é jovem e dinâmico e busca, ao mesmo tempo, divertir e comover o espectador a partir da identificação do espectador com os personagens. Diego e Renan, ambos com 28 anos de idade, são amigos desde os 12. No dia do casamento de Renan, fazem um balanço de suas vidas e percebem que nada mais será como antes. Entre um copo e outro de cerveja, alguns segredos vêm à tona.

9-Documentário: “Arqueiros” – (2016). 

Destino: Rio Uraricuera – Comunidade  indígena Vista Alegre – Boa Vista/RR.

Sinopse:  Jovens indígenas Macuxi fortemente impactados pela cultura urbana, em virtude das proximidades da comunidade com a capital Boa Vista, participam de oficina de produção de arco e flecha e aprendem técnicas de arquearia tradicional indígena.

10-  Filme: “Subvertendo” – Experimental – (2016).

Destino: Monumentos e artes de  Boa Vista/RR.

Sinopse: O filme experimental é um audiovisual autoral baseado nas subjetividades da “beleza sublime do transurbano desafinado”, condição de uma cidade que está viva quando artistas resistem à possível imobilidade discursiva dos monumentos e, neste sentido, buscam criar outras possibilidades de representação social coletiva, aspirando pela diferença e o respeito à diversidade.

11- Documentário: “Fronteira em Combustão” – (2016).

Destino: Fronteira Brasil (Pacaraima)/Venezuela (Santa Elena de Uiarén)

Sinopse: No extremo Norte do Brasil, Gilberto está desempregado e seu vizinho Riba o convida para ‘’puxar’’ gasolina da Venezuela.  O negócio parece rentável, mas a família de Gilberto pressente o pior.

12- Documentário: “Cruviana Camará” – (2017).

Destinos: Boa Vista e Tepequém-RR

Sinopse: Documentário que retrata a passagem do Mestre Boca Rica em Roraima.O respeito e carinho aos mestres antigos, a camaradagem dos capoeiristas no extremo norte do Brasil e cenários deslumbrantes da Amazônia.

Acabou? nada…

Ainda tem uns lançamentos, como  Resolução 37 (ficção científica) e o Cavalgada dos Justos (faroeste regional) que breve estarão disponível.

Vai me dizer que não tem cinema em Roraima, e olha que faltam muitos na lista.
Colaboração: Thiago Bríglia e Alex Pizano.
Alguns links não encontrei o filme, mas pelo link você pode entrar em contado com os autores e diretores. 

Siga no Instagram: @joviajou

Fanpage: @joviajou

(Visited 194 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.