Blog de Turismo – Eu fui, irei e estou…

O que fazer em Roraima: Cidade de Normandia

Ainda estamos em casa, mas vamos apresentar uma região turística de Roraima, que é referência em etnoturismo no estado.

O que fazer em Roraima: cidade de normandia?

Sobre Normandia

O nome é uma homenagem à região da Normandia na França, terra do fugitivo Papillon.

A origem da denominação guarda relação com a região homônima da França, onde ocorreu o ataque às tropas alemãs na II Guerra Mundia.

História

Na história, Papillon, foi condenado a cumprir pena na prisão de segurança máxima na Ilha do Diabo, na Guiana Francesa e em um de suas fugas, chegou à Roraima conseguindo se estabelecer e viver em Normandia/RR

o que fazer em ROraima

Um dos moradores pioneiros que ficou bastante conhecido foi Maurice Habert, um francês companheiro do lendário Papillon, que fugiu da Ilha do Diabo, no litoral da Guiana Francesa.

Habert é considerado o fundador do Município de Normandia e seus descendentes moram na cidade.

Normandia é privilegiada por sua localização, favorável ao comércio de exportação, pois o mesmo faz fronteira com a República Cooperativista da Guiana.

O que conhecer?

A região tem muitos atrativos turístico, atualmente faz parte da Reserva indígena Raposa Serra Sol.

o que fazer em roraima: normandia

Os atrativos naturais mais conhecidos é a Serra do Cruzeiro que é um monte tem 225 metros de altura, com 650 metros de caminhada da base até o topo, fica localizada a 300 metros do igarapé Uinamará, o acesso pelo bairro Buritizal, esse fica na cede do município. 

Outro atrativo natural é o lago Caracaranã, que fica a 18 km do cede.

O lago ainda não tem turismo regulamento, mas os indígenas cobram R$ 10,00 pela entrada fazendo um turismo irregular já que ainda não há um plano de visitação oficial no atrativo.

É um dos  atrativos mais cobiçados pelos turistas e moradores há anos, com praias e areias fina cercado de cajueiros, apresenta um perímetro total de 5,8 quilômetros.

Na região, há a Maloca da Raposa I, uma das comunidade indígena macuxi mais conhecidas de Roraima por ser um dos pontos extremos dos limites da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, onde é realizado vários eventos. Para chegar é só seguir na entrada à esquerda na rotatória do Km 100 com 50km de distância da cede do município.

A comunidade da Maloca da Raposa, uma das mais antigas reservas indígenas do estado, é atualmente a que está pronta para  receber grupos de turistas.

Os turistas podem conhecer aspectos da cultura tradicional dos macuxi e suas belezas naturais.

Durante o mês de novembro é realizado o evento Panela de Barro Macuxi, no evento, o turista tem a oportunidade de fazer oficinas onde aprende técnicas de confecção de utensílios de cerâmica, desde a extração da argila até a pintura da panela de barro macuxi.

Ainda podem aproveitar os aspectos como alimentação e danças rituais da pimenta no olha, e parixara, são atrativos da festa.

Quando ir?

A média da temperatura é de 26°C, a estação se divide entre os meses secos (verão) de outubro a março e inverno (época de chuva), de abril a setembro.

O período da seca é o mais propício para desfrutar das belezas naturais da região.

Como chegar ?

O acesso rodoviário é feito pela BR-401, a 184.20km da capital Boa Vista. No município não há aeroportos. A comunidade da Raposa I, fica próximo a cede.

Onde fica?

O município limita-se ao norte com o município de Uiramutã e República Cooperativista da Guiana; ao sul com o município de Bonfim; a leste com a República Cooperativista da Guiana e a oeste com Boa Vista e Pacaraima.

O que é imperdível no destino

Você não pode deixar de visitas a Comunidade indígena Raposa I e o Lago Caracaranã.

Pontos turísticos para visitar?

1- Lago Caracaranã
2- Lago da Raposa
3- Serra do Arco íris
4- Serra Cruzeiro do Sul
5- Fazer trilha até a cachoeira da Raposa
6- Festival da Melancia
7- Círio de Nazaré na sede do município.
8 -Festejo do Caxiri-FECAR, Raposa l.
9 -Festejo da Panela de Barro, Raposa l.

Onde comer?

Na região, o que prevalece são as comidas indígenas, predominante do peixe e das frutas regionais.

o que fazer em roraima
Panela de Barra Macuxi. Foto: Jô Viajou

1.Cantinho Delícia – (95) 98103-3457
2.Expresso bar – Avenida, R. Cícero Gelb de Lima, 100 – Centro
3.Panificadora Rhanyele – R. Ceci Mota, 60.
4.Pastelaria Caldo com Pimenta – Av. Maurício Habert, 17 –
5.Peixe Assado do Manoel – (95) 98408-6467
6.Restaurante Bom Paladar – (95) 98402-2894
7.Restaurante da Ana – Avenida Mauricio Habert, 03 Centro – (95) 98102-1492
8.Restaurante Deus Me Deus – Avenida Mauricio Habert, 955 Centro – (95) 8100-0222
9.Panificadora Natália. Avenida Cícero Gelb de lima- centro
10.Restaurante Honório. Avenida Cícero Gelb de Lima- Centro

O que comer?

Damurida (peixe, carne ou carne de caça cozido com pimenta)

Caxiri (bebida feita da fermentação da mandioca)

Pajuarú (bebida feita da fermentação do mandioca)

Mocororó (bebida feita da fermentação do caju)

Pratos de peixes regionais de escama (aracu, matrinxã, piau, curimatã)

Pratos de peixes regioanis de pele (filhote, surubim,caparari, mandi, bocão)

Comidas – Caseiras (acompanha:arroz, feijao, macarrao, farofa ou farinha e salada)

Carne de sol (carne seca frita)

Galinha Caipira (galinha regional cozida)

Onde de se hospedar?

O município é pequeno, mas você pode descansar nas pousadas, ou se é aventureiro ficar nas áreas de camping ou dormir na rede na varanda.

o que fazer em Roraima
Pôr do Sol da Serra do Arco Íris. Foto: Jô Viajou

1.Camping Comunidade Raposa I – (95) 99119-8451
2.Camping Lago Do Caracaranã – (95) 3262-1254
3.Hotel Recanto da Serra – R. Manoel Amâncio, 5, – (95) 98123-9996
4.Pousada Nossa Senhora de Nazaré – Av. Maurício Habert, 712-854 – (95) 98102-0687

Onde comprar?

1- Centro de artesanato Panela de Barro Macuxi – (95) 99119-8451

o que fazer em roraima
Panela de Barra Macuxi. Foto: Jô Viajou

O que fazer?

1- Mergulhar no Lago Caracaranã
2- Ficar de Molho no Lago da Raposa
3- Conhecer o modo de produção da panela de barro de macuxi
4- Subir a Serra do Arco ìris
5- Subir a Serra Cruzeiro do Sul
6- Dançar parixara
7- Degustar da Damurida feita na panela de barro
8 – Fazer trilha até a cachoeira da Raposa
9- Ver o modo do produção do beiju e da farinha macuxi
10 – Curtir o Festival da Melancia

Dicas para o turista

O local que mora na sede do município tem por tradição pescar no rio Maú. Os banhos de final de semana é no rio Mau, mais conhecidos como “Prainha”.

Pode ser combinado(a) com?

Se houver tempo, pode conhecer a fronteira Brasil/Guiana.

Veja mais o que fazer em Roraima: 

O que fazer em Roraima: cidade de Mucajaí
O que fazer em Roraima: Serra do Tepequém – Amajari
Paracaraima/RR: Bate e Volta na Boca da Mata
Iracema/RR: Bate e Volta em Campos Novos
Uiramutã/RR: Belezas intocadas ao Turismo desejado
Dez POSTs para conhecer mais Boa Vista/RR – 130 anos


SIGA @JÔVIAJOU
 Passagem Promocionais
 Hospedagem Booking
 Hospedagem com DESCONTO o Airbnb
Seguro Viagem com DESCONTO
 Aluguel de Carros
 CHIP de Viagem
 Curso de Inglês para Viajantes
 Curso de Vinhos para viajantes

(Visited 77 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.