Blog de Turismo – Eu fui, irei e estou…

10 HÁBITOS que justificam ser Macuxi

Em homenagem a semana do índio, no dia do índio, vamos falar de hábitos que justificam ser Macuxi e estão relacionados as características locais, não necessariamente  do indígena, mas do morador de Roraima.

Parente tem hábito que só vai saber e entender quem vive/viveu aqui. É, tem umas coisas que a gente olha e não percebe e acha comum, mas é comum pra uns e não pra outros.

Em Roraima não é diferente, tem umas coisas que macuxi faz, que muitos turistas acham meio que “estranho”. Vamos conhecer dez HÁBITOS que justificam ser Macuxi.

Vamos conhecer?

1- Pote de farinha na mesa

Na maioria das casas e restaurantes locais que se preze, tem aquela vasilha cheia de farinha macuxi das grosas, amarela no meio da mesa. Aí chega o turista e pergunta, como é que vocês comem? Não quebra o dente? hahaha Mal sabe ele…

Na sua casa tem uma vasilha dessas? Pode até faltar o sal, mas a farinha… difícil! A farinha é feita nas comunidade macuxi e faz parte da alimentação do Roraimense.

tribo macuxi alimentação
Imagem internet (editada).

2- Garrafa de pimenta na mesa

Não basta só ter a farinha, para acompanhar uma mesa legitimamente macuxi, a pimenta, é a acompanhante do pote de farinha no centro da mesa.

É isso aí, esse é um dos elementos que você coloca ou encontra no centro da mesa de jantar de uma família macuxi. Sempre terá esses dois ingredientes para saborear a comida. 😉

rituais da tribo macuxi
Imagem internet (editada).

3- Peixe Tambaqui

E com que a gente come com tanta farinha e pimenta? Come de tudo, mas o Tambaqui é o chefe da casa.

Tambaqui é um dos peixes mais consumido em BV, além disso, faz parte da culinária macuxi. Farinha e  pimenta não podem deixar de faltar na hora de degustar essa delícia macuxi.

qual a religião do povo macuxi
Imagem internet (editada).

4- Água de torneira com sorvete

Bora pra sobremesa? A cidade é quente, e a gente adora um sorvete. No Verão então… Mas quando acaba o sorvete sempre vem alguém servir água pra matar a sede, com água da torneira.

É, a água da torneira em algumas partes da cidade ainda é potável, sem precisar ser filtrada. É, se você tomar sorvete por aqui e alguém trouxer água, aceite.

macuxi significado
Imagem internet (editada).

5- Água da torneira ou mineral?

Nesse calor de BV, a gente precisa se hidratar. Continuando com água, ela é tão boa, que quando você pede água por aqui, a pessoa pergunta: – Água da torneira ou mineral? Parece ser óbvio em alguns lugares que você pede água, e vem mineral, mas aqui em BV, não! Muitos lugares ainda dão essa opção.

macuxi língua
Imagem internet (editada).

6- Tomar refrigerante no saquinho

Ainda nos líquidos. Sim, em vários lugares serve-se o refrigerante no saquinho. Isso se dá devido ao casco que tem que ser devolvido.

Apesar de nada ecológico, muito lugares ainda utilizam, mesmo tendo copo descartável, pois pra tomar caminhando, é mais fácil.

O refrigerante mais conhecido do mundo até fez uma campanha promocional sobre isso. O que posso dizer? Acho que isso é coisa muito do norte.

arte da tribo macuxi
Imagem internet (editada).

7- Sair de casa em cima da hora

Sim, mesmo com o trânsito caótico, algumas pessoas insitem em sair em cima da hora pra ir ao trabalho.

Isso tudo se dá por que na maior parte da cidade é tudo perto, se você for de carro. Se não houver trânsito, você literalmente chega em 5 minutos. Mas 7h da manhã não tem mais como né, BV!?

Imagem internet (editada).

8- Deixar calçados antes de entrar em casa

Sim, aqui em BV, a gente chega na casa dos outros e deixa os calçados na porta.

A origem a gente não sabe muito de onde veio, mas sabemos que como antes as ruas eram de barro  vermelho, quem chegava pra visitar, pra não sujar a casa, deixava a “sujeira” na porta.

Isso acontece muito aqui, pois a maioria são casas, já que nos apartamentos não há como deixar os calçados no corredor.

Imagem internet (editada).

9- Chamar o outro de “parente”

Aqui em BV a gente chama as pessoas mais próximas ou íntimas constantemente de “parente”.

Muito falado entre os indígenas de Roraima,  termo esse, hoje utilizado muito no diminuitivo como “parentizinho” e “parentizinha” por meio dos memes regionais que vemos pelas redes sociais, massifica mais entre os jovens. E aí, parente!

Imagem internet (editada).

10- Dizer que é Macuxi

Sim, além do termo “parente” e outros jargões regionais por aqui. Para confirmar tudo isso, quando alguém pergunta de quem nasceu em Boa Vista ou Roraima qual é o gentílico. A gente fala bem forte. Quem nasce aqui, “é macuxi, macuxi do pé rachado”. Vou te explicar mais ou menos como é. Não há lei, nem confirmação, pelo IBGE é Boavistense e Roraimense, porém muitos roraimenses, principalmente os nascido em Boa Vista falam por aí ser macuxi (principal etnia indígena da capital). Se você nasceu em Boa Vista e um de seus pais não nasceram em Boa Vista ou Roraima, você é um Boavistense ou Roraimense.

Mas, se você nasceu em Boa Vista e seus pais também nasceram em Boa Vista, já pode ser considerado um Macuxi. A gente fala que é “Macuxi” e na escrita é, Macuxi, com “c”, pois Makuxi, com “k”, é o da comunidade mesmo, o de raiz são os parentes legítimos dos indígenas Makuxis.

lendas da tribo macuxi
Imagem internet (editada).

É isso, se você conhece mais alguma coisa que só macuxi faz, deixa seu comentário aqui embaixo. Todos vão adorar saber!

Tédoidé… parentizinho!

Dia 19 de abril, Dia do Índio!

Siga @joviajou

SIGA @JÔVIAJOU
 Passagem Promocionais
 Hospedagem Booking
 Hospedagem com DESCONTO o Airbnb
Seguro Viagem com DESCONTO
 Aluguel de Carros
 CHIP de Viagem
 Curso de Inglês para Viajantes
 Curso de Vinhos para viajantes

(Visited 2.121 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 pensamentos em “10 HÁBITOS que justificam ser Macuxi”